Sob protestos do bolsonarismo raiz, Marcos Rogério prefere Expedito ao Senado do que Bagatolli

  • 11/05/2022

Sob protestos do bolsonarismo raiz, Marcos Rogério prefere Expedito ao Senado do que Bagatolli

Cadeia para quem precisa A tradicional demagogia eleitoreira promete cadeia geral para os criminosos, mas são muitos aqueles que ao chegar..



Cadeia para quem precisa

A tradicional demagogia eleitoreira promete cadeia geral para os criminosos, mas são muitos aqueles que ao chegar ao poder afrouxam as leis até transformar as prisões em peneiras e perdões para os corruptos, deixando as masmorras só para os pobres. Além de prisões com dosimetrias adequadas aos crimes, reforçando a venda que cobre os olhos da Justiça e afiando sua espada, há outras cadeias que precisam de soluções urgentes para as dificuldades desta época tão difícil: as cadeias de exportação, cujo futuro está atrelado ao que acontecer com o clima global.

Apesar da teimosia negacionista, o Painel Intergovernamental de Mudança do Clima da ONU aponta que o tempo nunca foi tão instável, oscilando entre secas ardentes e invernos congelantes, em meio a tempestades caóticas. Ainda há chances para um esforço de contenção à fúria dos elementos, mas já se suspeita que os fenômenos extremos logo serão irreversíveis.

Antes de cair no desalento, porém, é preciso corrigir os rumos, porque o motor da economia nacional – o agronegócio – será ainda mais afetado pelo descontrole climático se as soluções não vierem. A ONU avisou que o apocalipse do clima afetará as cadeias de abastecimento, mercados, finanças e comércio internacionais, com menos produção e preços mais altos, afetando nossas exportações. Ninguém vai mofar numa cadeia por desprezá-las, mas é um grave crime de lesa-humanidade.

A cotação

Com forte cotação nos estados da Amazonia, situação que vem desde a eleição de 2018, o bolsonarismo tem condições de emplacar a reeleição dos governadores Marcos Rocha em Rondônia e Gladson Cameli no Acre. Mas com o segmento rachado na disputa do Senado, os governistas podem levar a pior. No Acre, por exemplo, o petista Jorge Viana, que já foi governador e senador, já está liderando as pesquisas. Se o bolsonarismo fosse unido numa só candidatura a situação seria bem diferente no vizinho estado. Em Rondônia o PT vai tentar surpreender ao Senado com Ramon Cujui, com as bênçãos de Lula.

As rachaduras

Sob protestos do bolsonarismo raiz de Rondônia que tem preferência por Jayme Bagatolli como candidato ao senado do PL, o presidente estadual do partido Marcos Rogério pretende anunciar no sábado que seu ungido para a disputa será Expedito Junior, um ex-tucano, atualmente filiado ao PSD. Embora seja uma boa aliança, o acordo com Expedito poderá causar rachaduras no projeto de Marcos Rogério galgar o governo estadual. Bagatoli aposta no apoio da família Bolsonaro para ser homologado como candidato ao Senado pelo PL nas convenções de junho.

Alto custo

A grande verdade é que a imposição goela abaixo aos bolsonaristas de um estranho no ninho –Expedito não é
evangélico e tampouco um adepto do capitão Bolsonaro – pode custar caro aos projetos de Marcos Rogério. Além do racha do seu partido em todo o estado, Expedito tem elevada rejeição na capital e maior prova disto foi o fato dele ter sido escondido dos palanques na campanha a prefeito de Hildon Chaves em 2020. Por outro lado, é louvável a fidelidade de Marcos Rogério a Expedito, já que o ex-senador foi um dos artífices da sua campanha vitoriosa ao Senado em 2018. É justo, portanto, que tente retribuir o carinho recebido.

Os progressistas

Com uma chapa competitiva, os Progressistas, partido sob a orientação da Igreja Universal, busca eleger pelo menos dois representantes á Câmara dos Deputados, entre eles o ex- deputado federal Lindomar Garçom (Porto Velho). Para a Assembleia Legislativa por este partido, disputando a reeleição desponta como o grande puxador de votos, o atual presidente da Casa de Leis, Alex Redano (Ariquemes). Seu nome tem boa cotação também para ser indicado a vice na chapa do governador Marcos Rocha que pleiteia a reeleição.

Os entendimentos

Seguem os entendimentos entre o ex-governador Ivo Cassol e seu grupo político que comanda o PP em Rondônia com os demais candidatos para o CPA. De um lado cogita-se seu apoio para o deputado federal Leo Moraes (Podemos-Porto Velho), emplacando sua mana Jaqueline como postulante ao Senado. De outro, conforme se fala nos bastidores, também existe costuras com o governador Marcos Rocha, mas neste caso sem Jaqueline
Cassol ao Senado, já que Rocha está fechado com Mariana Carvalho para a disputa. Jaqueline no caso deste acordo, poderia ser a vice de Marcos Rocha.

Via Direta

*** Como ficou acertado na eleição presidencial o candidato Lula e seu vice Geraldo Alckmin terão agendas distintas. De um lado, Lula com seu discurso mais a esquerda, do outro Alckmin buscando apoio da direita *** A atuação do deputado estadual Geraldo da Rondônia (PSC) envergonha Ariquemes e o Vale do Jamari. O parlamentar transloucado se mete em seguidas confusões e sequer tem sido admoestado pela Comissão de Ética d ALE-RO por sua conduta tão reprovável*** O punhal da traição está sendo afiado
contra as costas de um candidato ao governo de Rondônia. ***Por outro lado, a poção da discórdia tomou conta do PL, já não será possível unir o partido em torno de Marcos Rogério caso a sigla não confirme Jayme Bagatolli na chapa ao Senado *** A revolta pode chegar entre candidatos a Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa do partido.

Coluna: 

Carlos Sperançade - Diário da Amazônia 


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. ABALO EMOCIONAL

Luan Santana

top2
2. Bloqueado

Gusttavo Lima

top3
3. Mal Feito

Hugo e Guilherme, Marília Mendonça

top4
4. Molhando o Volante

Jorge & Mateus

top5
5. A MAIOR SAUDADE

Henrique e Juliano

Anunciantes